Porque ela não era apenas uma mulher, era mãe, filha, esposa, trabalhadora como todas nós

Porque ela era mais uma mulher negra, periférica engordando as estatísticas que contradizem todos aqueles que insistem em nos enfiar goela abaixo uma “democracia racial” que nunca existiu

Porque eu quero só ver quem vai assumir essas crianças e cuidar delas. Quem dera fosse só dinheiro – cuidados saudáveis a uma criança dependem de carinho, respeito, educação, amor, compreensão

Porque a polícia e a  população vai seguir pensando em todo negro como suspeito, confundindo Vinícius Romão com Dione Mariano, confundindo Cláudia com “qualquer uma”. ELA NÃO ERA QUALQUER UMA… Ninguém é “aquela pretinha ali”.

Porque estamos todos a mercê da truculência elitista da nossa PM

Porque a chuva caiu ontem e Claudia não sentiu

Porque poderia ser eu, você, qualquer uma de nós

Porque Cláudia mostrou sua cor e ganhou bala, descaso e indiferença

Vai em paz, querida! E que a morte dela fortaleça nossa ancestralidade e nossa luta

#imagens do blog thinkolga.comImagemImagemImagem

Você pode gostar destes

Deixe um Comentário

Seu email não será publicado. Required fields are marked *